top of page

SAG-AFTRA Aprova Uso de Inteligência Artificial na Dublagem de Jogos

Em uma decisão controversa, o sindicato dos artistas dos EUA, SAG-AFTRA, anunciou uma parceria com a Replica Studios que permite o uso de inteligência artificial (IA) na dublagem de jogos. Embora a Replica Studios alegue que o acordo permite aos dubladores criar e licenciar versões digitais de suas vozes de maneira "justa, ética e segura", muitos trabalhadores do setor expressaram insatisfação com a decisão.


No ano passado, tanto o sindicato dos atores quanto dos roteiristas protestaram e realizaram greves para melhorar as condições de trabalho e proteger os artistas contra o uso massivo de IA na indústria do entretenimento, resultando em acordos mais favoráveis para os profissionais de TV e cinema.


No entanto, parece que os dubladores de jogos não foram tão beneficiados. A SAG-AFTRA fechou um acordo com a Replica Studios que permite a utilização de IA na criação de vozes digitais. Fran Drescher, presidente da SAG-AFTRA, expressou satisfação com a parceria, mas muitos dubladores afirmam não terem sido consultados sobre a decisão.


Elias Toufexis, conhecido por dar voz a Adam Jensen na série Deus Ex, afirmou que não foi consultado e que seus colegas também não foram. Steve Blum, com mais de 300 aparições em jogos, questionou a aprovação do acordo, destacando que a comunidade de dubladores não aprovou a decisão.


O descontentamento levanta questões sobre o diálogo e a transparência necessários ao abordar mudanças críticas na indústria do entretenimento. O impacto a longo prazo do uso de IA na dublagem de jogos permanece incerto, enquanto a comunidade aguarda respostas e possíveis ajustes na abordagem sindical.



SAG AFTRA

1 visualização0 comentário
bottom of page